Posted in:

Eletricista: 17 dicas para ganhar mais dinheiro

Imagem 1 - Eletricista MEI 17 dicas para ganhar mais dinheiro
Eletricista: 17 dicas para ganhar mais dinheiro
Este texto te ajudou?

Você tem a meta de ser um eletricista MEI de sucesso e ganhar mais dinheiro?

Então, hoje é o seu dia de sorte!

As dicas relacionadas neste artigo vão aproximá-lo dessa conquista.

Faça delas o seu manual para a vitória!

Eletricista MEI: Você conhece quais são as 17 maiores armas para ter sucesso?

Imagem 2 - Eletricista MEI 17 dicas para ganhar mais dinheiro
Quer ser referência no que faz? Ser um eletricista reconhecido e, claro, ter a sua merecida recompensa financeira por isso? Então, continue lendo este artigo!

O sucesso pode até não depender do dinheiro, que não compra a felicidade, embora dê uma ajudinha para isso.

Mas tente puxar pela memória e lembrar da história de alguém que venceu na vida e foi reconhecido como bem-sucedido sem uma conquista financeira.

Difícil, não é mesmo?

Não dá para apelar para a demagogia quando o assunto é o próprio bolso.

É claro que o dinheiro é importante, sim.

É um prêmio merecido ao profissional que se destaca na atividade que escolheu para si.


Empreendedores alcançaram o sucesso em seus
negócios com a ajuda da conta.MOBI. Faça como eles.

Mas o que seria o sucesso, então, já que não é apenas dinheiro?

Trabalhar com o que se gosta, trilhar uma carreira naquilo que mais demonstra habilidade e ainda alcançar a independência financeira.

Pode ser, certamente, uma definição de receita de sucesso.

Se você é um eletricista profissional ou pensa em seguir essa atividade, é justo que queira se destacar nela e ser reconhecido como um dos melhores, além de ganhar mais dinheiro.

Mas será que nessa carreira isso vem acompanhado de um bom salário?

Afinal, quanto ganha um eletricista? E será que ser eletricista é uma boa profissão?

Neste artigo, vamos apresentar as 17 melhores dicas para aproximá-lo do sucesso.

Falaremos sobre como ser um bom eletricista, atrair clientes, definir preços de serviços de eletricista MEI, ganhar bem e ainda ser cuidadoso com o seu dinheiro.

Ao final da leitura, você se sentirá mais bem preparado e, com a postura de um verdadeiro eletricista MEI empreendedor.

Estará seguro para vencer, crescer e faturar.

Eletricista MEI de sucesso: Como ser um bom eletricista e ganhar mais dinheiro?

Imagem 3 - Eletricista MEI 17 dicas para ganhar mais dinheiro
Quer se tornar um grande eletricista? Não vá achando que é só por a mão na massa! Graças a regulamentação da atividade, é necessário que você se capacite para poder exercê-la com segurança!

Durante muitos anos, a atividade de eletricista esteve associada a uma atuação quase amadora.

Ser eletricista era sinônimo de viver de bicos, os trabalhos esporádicos.

Também era um campo proibido para mulheres, como se fosse uma tarefa restrita ao público masculino.

Com o mercado de trabalho restrito, muito em razão da construção civil em baixa, homens de baixa escolaridade, muitas vezes sem treinamento algum, aprendiam na prática os macetes da profissão.

E assim, de conserto em conserto e de instalação em instalação, garantiam o sustento da casa.

Conforme os anos passaram e a sociedade evoluiu, a maneira como a profissão era vista e exercida mudou bastante.

A atividade ganhou uma norma regulamentadora, a NR-10, disciplinando aspectos de segurança.

Eletricista MEI sem luvas especiais, óculos e outros equipamentos de proteção, por exemplo, é coisa do passado.

Também uma formação mínima passou a ser exigida, graças ao enquadramento nas regras previstas no seu CBO, o Código Brasileiro de Ocupações.

Ele prevê que o eletricista MEI tenha pelo menos o Ensino Fundamental e um curso básico de qualificação profissional na área de eletroeletrônica.

Tudo isso ajudou a profissionalizar o eletricista, que com mão de obra qualificada não costuma encontrar dificuldade de inserção no mercado, mesmo na crise.

Mas nem todos vão pelo caminho do vínculo empregatício.

Muitos são os eletricistas MEI que ainda conservam um pouco das origens da profissão, atuando solitariamente na prestação de serviços.

Embora não de forma amadora como no passado.

Ainda assim, até o perfil específico desse profissional está mudando.

Aos poucos, sai de cena o trabalhador autônomo, que dá lugar ao eletricista MEI empreendedor.

Com negócio próprio e formalizado, ele se apresenta com alguns diferenciais importantes.

Pode, por exemplo, emitir nota fiscal, ter conta em banco, cobrar no boleto ou na máquina de cartão.

E tudo isso o ajuda a atrair mais clientes.

Não por acaso, a qualificação profissional e o registro da empresa são etapas fundamentais para ganhar mais dinheiro e ter sucesso nessa carreira.

Mas isso não significa que se manter na informalidade o afaste totalmente das conquistas.

Para saber qual é o caminho mais indicado para o seu caso, o primeiro passo já foi dado.

Você está aqui, buscando mais informações sobre a sua profissão e a forma como a exerce.

Principais dúvidas do eletricista

Vamos esclarecer algumas das principais dúvidas que envolvem a profissão de eletricista MEI.

Se você também persegue o sucesso, quanto mais informações tiver sobre a sua atividade, melhor.

Eletricista autônomo vale a pena?

Essa é uma decisão muito particular, mas é fato que sair da informalidade é uma tendência e que se manter nela conecta o eletricista mais ao passado do que ao futuro.

O autônomo não paga impostos como o faria se tivesse uma empresa, mas também não tem direito aos benefícios que só um CNPJ proporciona.

Você pode estar satisfeito com a renda obtida nessa forma de trabalho, talvez até tenha receio de se tornar um microempreendedor individual (MEI), por exemplo.

Mas para ganhar mais dinheiro esse é um passo importante.

Tudo depende do que almeja para a sua vida profissional e do que estabelece como um cenário ideal para os seus rendimentos.

Eletricista salário: quanto ganha um eletricista residencial autônomo?

Imagem 4 - Eletricista MEI 17 dicas para ganhar mais dinheiro
Não sabe quanto cobrar pelo seu serviço? Na hora de apreçar seu trabalho, é importante que você se atente para uma série de questões, como, por exemplo, o tipo de serviço prestado.

O salário do eletricista depende muito do tipo de trabalho que executa, se é instalador ou atua na manutenção, se é especializado em serviços residenciais, industriais ou prediais, por exemplo.

Também influencia a região do país onde está localizado, já que os rendimentos estão indiretamente atrelados ao custo de vida.

Além disso, é preciso considerar que um eletricista autônomo terá sempre renda variável e não fixa.

Assim, é possível que encerre o mês com uma remuneração inferior ao piso da categoria em sua cidade ou estado, se houver.

Mas é grande a probabilidade que ganhe menos do que receberia se estivesse formalizado e com empresa constituída.

E isso aconteceria pela simples razão de poder trabalhar com clientes maiores, que só contratam quem lhes fornece nota fiscal, por exemplo.

Se uma boa remuneração é sua meta, veja neste vídeo a promessa de ser eletricista e ganhar R$ 7 mil por mês.

Precisa de eletricista MEI urgente! Onde encontrar as melhores oportunidades de trabalho?

Um fato altamente positivo sobre a atividade de eletricista é que o mercado é amplo para a sua atuação.

Em praticamente todas os setores da indústria há oportunidades para esse profissional.

Dessa forma, se a economia do país se recupera, mais portas se abrem a ele.

Além da construção civil, que é uma área que emprega muitos eletricistas, costuma haver uma boa procura por esse tipo de trabalhador em segmentos como:

telecomunicações, indústria de óleo e gás, automação industrial e infraestrutura.

E essa é outra vantagem do MEI sobre o autônomo.

Pois ele pode prestar serviços para essas empresas sem que se questione um possível vínculo empregatício, o que é sempre um temor por parte do contratante.

Já o autônomo costuma ter a sua contratação negada nesse tipo de situação.

Dessa forma, para ele, a busca por oportunidades costuma ser mais restrita aos serviços residenciais.

O que depende de uma boa propaganda boca a boca, indicações e da divulgação via redes sociais.

17 dicas fundamentais

Vamos ao que mais interessa, que é a apresentação do nosso manual para ganhar mais dinheiro como eletricista MEI.

É com esse espírito que você deve encarar as 17 dicas a seguir.

Todas elas estão voltadas para o seu crescimento profissional.

Veja, se inspire e encontre o sucesso.

1. Invista em você: onde estudar instalação e manutenção elétrica

Imagem 5 - Eletricista MEI 17 dicas para ganhar mais dinheiro
Conhecimento nunca é demais! Capacite-se, faça cursos, seja curioso, esteja sempre buscando novas informações para se tornar um profissional cada vez melhor.

Ficou no passado a época em que conhecimento era um diferencial para o eletricista MEI.

Hoje, ele é obrigatório.

Sem a formação, não há como vencer nessa atividade, como em tantas outras.

Entre as diversas instituições que oferecem cursos de qualificação na área, estão os serviços nacionais de aprendizagem Industrial e Comercial, Senai e Senac.

Além de serem entidades sérias e reconhecidas, a formação ainda é oferecida sem custos.

Vá até a unidade mais próxima da sua casa ou visita os sites das instituições para verificar a agenda de cursos, a carga horária e a grade curricular prevista.

2. Cursos de eletricista mais recomendados

Durante a sua pesquisa por cursos, você deve se deparar com opções variadas.

Entre as possibilidades de formação, estão a qualificação como:

eletricista instalador residencial, de eletricista industrial, eletricista instalador predial, eletricista de manutenção e eletricista de automóveis.

Já na área de proteção individual, a NR-10 prevê que o eletricista tenha pelo menos um curso básico de Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade.

Com carga horária de 40 horas.

Uma opção de formação complementar é a do curso de Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP), também com carga horária de 40 horas.

Saiba mais sobre a capacitação do eletricista MEI neste vídeo.

3. Eletricista MEI x eletricista autônomo

Imagem 14 - Eletricista MEI 17 dicas para ganhar mais dinheiro
Na dúvida de qual é a melhor forma de atuar? Para você que se enquadra ao MEI, não há o que pensar! Faça sua formalização. É só vantagem para sua carreira.

A carga tributária do MEI é pequena, assim como as suas obrigações.

Ele contribui mensalmente apenas com R$ 51,85 como prestador de serviços e tem acesso a uma série de benefícios previdenciários.

E como já destacamos anteriormente, como microempreendedor individual, ele se torna um profissional mais competitivo.

Eleva as suas chances de atender empresas e conseguir contratos maiores, muito em razão de poder emitir a nota fiscal.

Atualmente, são 139.330 MEIs formalizados como prestadores de serviço de instalação e manutenção elétrica.

Que recebem o código 43215/00 de Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE).

Eles são 2,08% do total de 6,7 milhões de microempreendedores no país.

4. Planejamento profissional: como organizar sua carreira para o sucesso

Ter uma estratégia para vencer não garante, por si só, que você alcance o sucesso na carreira, mas aumenta a chance de isso se concretizar.

Comece por uma meta, pois ela lhe dará uma direção a seguir.

“Se você semear metas e objetivos claros em sua mente, vai colher recompensas e resultados claros em sua vida”.

Define Brian Tracy no livro O Ciclo do Sucesso (Ed. Gente).

Tome como exemplo o que as grandes empresas adotam ao criar um plano de carreira para seus funcionários.

Elas não os promovem ao topo instantaneamente.

Há etapas a cumprir, degraus a subir.

Se você persegue o sucesso para a sua profissão de eletricista MEI, terá que batalhar por ele.

5. Quanto cobrar? Preços de serviços de eletricista MEI

Precificar serviços nunca é uma tarefa simples.

Você precisa resolver uma equação que envolve o material aplicado e o custo da mão de obra.

Além de despesas diretas e indiretas do negócio, como contas de consumo e impostos.

Saberia dizer, por exemplo, quanto vale uma hora do seu trabalho?

Para definir preços de serviço de eletricista, você precisa encontrar essa resposta.

Mas há uma regra básica, aplicável a todos o casos:

não cobre um preço alto demais que afugente o seu cliente, nem baixo demais que o leve a desvalorizar o que você faz.

Quer mais uma dica? Este vídeo pode ajudá-lo a definir quanto cobrar.

6. Como encontrar clientes?

No início, tende a ser mais difícil, pois o seu trabalho ainda é desconhecido.

Para a prospecção, você terá que ser criativo.

Buscar encontrar o cliente onde ele estiver e passar um recado claro sobre os seus diferenciais e as soluções que oferece.

Não raro isso passa por uma estratégia nas redes sociais.

Que é o meio mais barato de fazer divulgação e de se relacionar com clientes antigos, novos e em potencial.

Mas a sua estratégia depende de conhecer o seu público-alvo e seus hábitos de consumo.

Só assim poderá identificar onde ele está e como contatá-lo.

Talvez um folder ou um panfleto também funcione bem.

7. Como fazer um anúncio de eletricista

A publicidade é sempre uma boa opção para ser encontrado.

E não precisa custar caro, pois ela deve se encaixar no seu objetivo.

Como ele não deve ser prestar serviços para todo o Brasil, não precisa gastar com anúncios no intervalo do telejornal.

Resultados patrocinados no Google podem ser uma alternativa interessante, se o seu público-alvo tiver acesso a eles.

Se a sua cidade for de média a pequena, talvez a mídia em jornal seja eficaz.

E se a legislação do município permitir, talvez até cartazes em postes podem ajudar a atrair clientes.

O que deve ficar claro é que você precisa dar um tratamento especial à mensagem, não importa o meio no qual ela será veiculada.

Seja sucinto, objetivo e criativo. Quanto mais escrever, menos irá dizer.

8. Crie uma página profissional no Facebook

Imagem 6 - Eletricista MEI 17 dicas para ganhar mais dinheiro
Quem não se mostra, não é visto! Se o seu público está nas redes sociais, não perca mais tempo e faça já sua página. Fica muito mais fácil de vender o seu trabalho e ser encontrado.

Uma fanpage na maior rede social do mundo pode ser uma condição indispensável para o seu negócio como eletricista dMEI ar certo e alcançar visibilidade.

Você sabia que as pessoas costumam destinar o mesmo tempo diário ao Facebook e às refeições?

O dado foi informado no ano passado pelo seu próprio CEO, Mark Zuckerberg.

A partir daí, você já percebe que o Face é uma necessidade na rotina de ao menos um boa parte do seu público.

Por que, então, não utilizá-lo para se comunicar com ele, interagir, postar novidades e dicas úteis?

Conteúdo relevante sempre sai na frente.

9. Divulgue seu trabalho nas redes sociais: Facebook, Instagram, LinkedIn

E já que falamos em redes sociais, não vamos nos limitar ao Facebook.

Até por que os brasileiros gastam 650 horas por mês navegando por esses canais.

É o que revelou a pesquisa Digital Future Focus Brazil 2015, da consultoria comScore.

Não é por que o seu trabalho não tem nada de digital que o meio online deva ser ignorado.

E a razão para isso já foi abordada, mas não custa repetir:

seu cliente está lá, curtindo no Facebook, interagindo no LinkedIn, comentando fotos no Instagram e ligado em muitas outras redes.

Todas elas oferecem uma chance preciosa de acessá-lo sem gastar nada com isso.

Não dá para desperdiçar, não é mesmo?

10. Publique fotos, vídeos e textos sobre seu trabalho na internet

A internet é ótima para fazer contatos com os clientes e interagir com eles, ouvindo suas opiniões e necessidades para tentar solucioná-las.

Mas ela não se resume a isso.

Um empreendedor de sucesso – e você, eletricista MEI, deseja trilhar esse caminho – mantém uma postura ativa no meio digital.

Ele usa o espaço para mostrar o seu trabalho, a qualidade do que faz, o cuidado com que trabalha e a satisfação pelos resultados que alcança.

Tudo isso pode ser mostrado ao seu público através de fotos, vídeos e até textos.

Você não precisa ser um jornalista para passar o seu recado.

Se inspire em outros empreendedores que usam bem esse espaço tão valioso.

11. Esteja presente onde seu cliente busca pelo seu serviço

Quando o seu cliente precisa de um eletricista, onde ele costuma procurar esse profissional?

Nas redes sociais? Na lista telefônica?

Em panfletos, cartões de visita ou outro material de comunicação visual?

Ou será que recorre a amigos e familiares, pedindo por uma indicação?

Para ser um profissional de sucesso, você precisa estudar seu cliente e ter essa resposta.

Só assim poderá estar lá quando o cliente procurá-lo.

12. Fidelize seus clientes e ganhe recomendações

Uma das melhores estratégias para crescer na profissão é atender bem o cliente. Sobre isso, não há a menor dúvida.

Os cuidados p