Tudo o que você precisa saber sobre a sua conta digital,
sem segredos, sem surpresas.

Aquisição

A conta.MOBI é uma solução completa 3 em 1 para empreendedores:
maquininha – Maquininha de cartão de débito e crédito e boletos com as taxas mais baratas.
conta digital – Funções de Internet Banking e cartão de débito para movimentar sua conta.
contador – Suporte gratuito de contadores para esclarecer dúvidas sobre seu negócio.
Ajuda seu negócio e simplificando sua gestão financeira.

A conta.MOBI foi desenvolvida para o empreendedor que deseja ter uma conta digital com ferramentas para organizar as finanças e profissionalizar seus negócios.

Sim. Mesmo não sendo MEI, você pode fazer sua conta.MOBI e se desejar auxiliamos na formalização como MEI. Para isso, é necessário que primeiro você baixe o aplicativo e faça seu cadastro. Na tela de acesso a conta você encontrará a opção ‘SUPORTE NA FORMALIZAÇÃO’, selecione-a e será encaminhado a você um e-mail com o passo a passo da formalização, em caso de dúvidas você poderá nos contatar pelo Chat no site conta.MOBI.

Sim. A conta.MOBI prima por descomplicar as burocracias e oferecer facilidade para o dia a dia de seus clientes, e é por isso que facilita tudo desde a abertura da sua conta digital. Para que a abertura da conta seja um processo fácil, rápido e sem burocracia, a conta.MOBI não realiza consultas ao SPC e Serasa e também não exige comprovação de renda. Assim, mesmo que você tenha alguma restrição do SPC ou Serasa, não é impedido de ter sua conta digital.

Não somos vinculados a nenhum banco. A conta.MOBI é uma conta digital que possui seu sistema integrada à BPP (Brasil Pré-Pagos), que é uma instituição financeira regulamentada pelo Banco Central. Ela é responsável pela administração dos cartões da conta.MOBI e por gerenciar as transações financeiras realizadas pelos clientes, garantindo assim que todas as movimentações sejam executadas com sucesso e em total segurança.

A abertura da Conta Digital – conta.MOBI é extremamente rápida. Não é necessário ir a uma agência ou enviar qualquer documento físico. Todo processo é 100% digital. Basta acessar uma de nossas plataformas (Site ou APP) clicar em “Solicitar Conta”, preencher os dados solicitados, assim que recebermos os seus dados enviaremos para seu e-mail um passo a passo para que você termine seu cadastro.

Não. A conta.MOBI é uma conta totalmente digital e por isso não possui número de agência. Ao abrir a conta você receberá no e-mail o seu cartão digital, que você usará para ativar o seu cadastro e movimentar a conta. Durante a ativação, você deverá criar uma senha de 6 dígitos, a qual usará junto com o número do seu CPF para acessar a conta.

A conta.MOBI é credenciada a alguns bancos para que você possa fazer determinadas movimentações financeiras. Para saques e pagamentos, você pode usar os terminais eletrônicos da Rede 24Horas, mas somente naqueles terminais que tenham o adesivo da Visa Plus. Se desejar, você pode fazer uma transferência da conta.MOBI para sua conta bancária e sacar em uma das agências do seu banco.

Sim. A conta. MOBI é uma conta digital totalmente segura, pois além de ser credenciada a BPP, instituição regulamentada pelo Banco Central, é certificada pela VISA uma das maiores instituições financeiras do mundo, que garante a você toda a tranquilidade que precisa para movimentar seu dinheiro na conta.MOBI. Assim, você não corre nenhum risco de ‘perder’ seu dinheiro e pode contar com ele sempre que precisar.

Qual a diferença da conta digital conta.MOBI para uma conta comum?
A conta digital da conta.MOBI apresenta muitas vantagens em relação as contas bancárias comuns. Ela se diferencia tanto nas tarifas, quanto nos serviços disponibilizados que buscam proporcionar muito mais facilidade, comodidade e eficiência para seus dias. Veja a diferença no comparativo abaixo:

CONTA DIGITAL conta.MOBI:

– Gratuita, livre de taxas de manutenção e tarifas reduzidas para transferências, saques e compensação de boleto.

– Tarifas mais baratas para operações financeiras. Pague a partir de R$ 2,49 por boleto compensado (economia de até 50%).

– Evite filas e ganhe mais tempo com acesso e atendimento 100% online.

-Possibilidade de obter um cartão de débito Internacional VISA.

– Adquira a sua conta de forma rápida, sem burocracia ou consultas ao SPC e Serasa.

– Acesso gratuito a uma rede de contadores para esclarecer dúvidas.

– Suporte na formalização do CNPJ MEI

CONTA BANCÁRIA TRADICIONAL

– Pagamento médio anual de R$ 614,40 em tarifas bancárias.

– Tarifas caras para operações financeiras. Pague até R$ 4,99 por boleto compensado.

– Necessidade de ir constantemente, perdendo em média 3.500 horas por ano em filas.

– Acesso a um cartão de débito para fazer suas movimentações financeiras, mas com recebimento, em média, em 30 dias.

– Abertura de conta burocrática com apresentação de documentação e consultas ao SPC e Serasa.

Para abrir sua conta digital é muito rápido, sem burocracias e totalmente digital, você precisará apenas do seu CPF ou CNPJ. O cadastro da conta.MOBI é feito em poucos segundos e ao finalizá-lo, imediatamente você já terá acesso a sua conta digital.

Atenção: Se você for movimentar um valor superior a R$5.000,00 no mês, deverão ser enviados os seguintes documentos para o e-mail controlesinternos@conta.mobi:

– Documento de identidade com foto ou carteira de habilitação (frente e verso);

– Documento de CPF (frente e verso). Caso já conste no documento de identidade, não será necessário o envio específico deste documento.
– Comprovante de endereço (últimos 3 meses).

Para os clientes de Pessoa Jurídica o cadastro complementar deverá ter (movimentação a partir de R$5.000,00 mensais:

MEI (Microempreendedor Individual)

– Cartão de CNPJ

– Comprovante de Endereço

– RG ou Carteira de Habilitação com foto, contendo o número de CPF
Micro ou pequena empresa

– Cartão CNPJ;

– Contrato Social e suas alterações (Cópia digital);

– Documentos dos sócios (RG ou habilitação com foto e CPF, comprovante de endereço).

Caso a documentação seja superior a R$10.000,00 mensais, documentos adicionais serão exigidos, como: comprovação de origem do pagamento e a capacidade do negócio em ter a demanda referida.

Importante: Caso o envio da documentação não seja enviada, de acordo com os limites apresentados, a conta poderá ser bloqueada, bem como a falta da comprovação de receita em casos que seja necessária a verificação.

Não. Para ter o APP, você só precisa acessar a APP Store do seu smartphone, buscar o aplicativo da conta.MOBI e baixa-lo totalmente grátis. É muito rápido e fácil! Depois disso, é só se cadastrar e começar a aproveitar as vantagens da sua conta digital.

Todo o processo de abertura da conta.MOBI é totalmente digital e ágil. Após finalizar seu cadastro, imediatamente você receberá seu cartão digital e seu código de ativação por e-mail, basta acessar a área de “Ativar minha conta” digitar seu CPF, o código de ativação e cadastrar sua senha de seis dígitos numéricos.

A conta digital da conta.MOBI oferece diversas ferramentas para ajudá-lo a organizar e gerir melhor suas finanças, além de profissionalizar seu negócio. Ao acessar sua conta digital você pode:

  • Consultar saldo: mostra o valor em dinheiro disponível em sua conta, podendo ser usado da forma que você precisar. Saques, transferências e compras no débito.
  • Consultar Extrato: registra todas as movimentações financeiras em sua conta. Você deve sempre acompanhar o seu extrato para saber o quanto tem gasto. Pode também qualificar esta transação como ordem jurídica ou física.
  • Receber via boleto: através dessa ferramenta você pode gerar todos os seus boletos de forma fácil, rápida e prática. Para emissão de um boleto único, você deverá preencher os campos solicitados, como descrição, data de vencimento e valor do boleto, e confirmar. Além disso, você pode emitir boletos múltiplos para os casos de pagamentos parcelados. Nesse caso, o sistema programa automaticamente o envio dos boletos para que você não se preocupe em mensalmente ter que enviá-los aos seus clientes. É muito mais tranquilidade para você! Os clientes receberão o boleto por SMS ou e-mail e você não paga nada a mais por isso. Dentro das possibilidades oferecidas pelo menu boletos, estão as opções:

-Cadastrar os clientes para emitir os boletos de forma rápida, economizando tempo.

– Enviar link do boleto por SMS ou por E-mail.

– Emitir boleto junto com o recibo do pagador.

– Armazenar boletos no sistema.

– Encontrar os boletos já gerados e filtrar por status, clientes, data de vencimento e data de pagamento, e até mesmo por intervalo de valores.

– Fazer download e cancelar boletos.

  • Contas: Cadastre suas contas para pagamento mensal pela internet. Assim, você evita juros por esquecimento e evita filas de banco. Para que seus pagamentos sejam aceitos, é necessário que as contas estejam dentro do prazo de vencimento. Caso tenha passado o vencimento, o pagamento não é aceito e o estorno acontecerá automaticamente na sua conta, depois da informação de rejeição do banco. Esse serviço não tem custo e é está disponível para contas de água, luz, gás e boletos em geral. Qualquer cobrança de tributos e cartões de crédito não devem ser pagas pela conta.MOBI. Além disso, você ainda consegue consultar as contas que foram pagas pelos seus clientes.
  • Transferência: Existem duas formas de transferências. A bancária, onde você realiza transferências para qualquer conta bancária dos grandes bancos. E temos também a transferência entre cartões conta.MOBI, possibilitando você transferir qualquer valor disponível em um cartão conta.MOBI para outro cartão conta.MOBI. Para transferência Bancária a transação será recebida e tratada como DOC ou TED. O DOC são valores de até R$ 500,00 e o prazo máximo é de até 48h úteis. O TED são valores acima de R$500,00 e tem prazo máximo de 4h úteis. O valor da taxa de transferência varia de acordo com o plano de tarifas escolhido, podendo transferir até R$8.000,00 por dia. Já a transferência entre cartões conta.MOBI não tem custo nenhum. A transferência é realizada na mesma hora.
  • Sonho: Essa funcionalidade é para as pessoas que sonham com uma conquista financeira e precisam estabelecer metas de valor e prazo para concretizá-las. É possível cadastrar esta meta, estabelecendo um valor financeiro do seu sonho, fazendo a descrição e as simulações para determinar o tempo em que deseja realizá-lo.

Os planos ofertados pela conta.MOBI são acessíveis e você deve optar por um deles depois dos 30 primeiros dias de uso da sua conta, período em que você estará isento de mensalidade e as tarifas aplicadas a você serão as referentes ao Plano de tarifas Super Reduzidas. Para todos os planos você terá as seguintes isenções de taxas:

– Isenção de tarifas para transferência de valores entre conta.MOBI
– Isenção de tarifas para pagamento de contas eletronicamente
– Isenção de tarifas para envio de mensagens por e-mail e SMS
– Isenção de tarifas para o sistema de Gestão do Sonho
– Isenção de tarifas para visualização de saldo e extrato
– Aplicativo gratuito para IOS, Android.

PLANO BÁSICO (SEM MENSALIDADE) – R$ 0,00
Ideal para quem emite até 3 boletos por mês.
Tarifa por boleto compensado = R$3,99
Transferência DOC ou TED = R$7,99
Saque em caixas eletrônicos = R$7,99

PLANO ECONÔMICO (TARIFAS REDUZIDAS) – R$ 3,90
Ideal para quem emite de 4 a 6 boletos por mês.
Mensalidade: R$3,90
Tarifa por boleto compensado = R$2,99
Transferência DOC ou TED = R$6,99
Saque em caixas eletrônicos = R$7,99

PLANO PROFISSIONAL(TARIFAS SUPER REDUZIDAS) – R$ 9,90
Ideal para quem emite mais de 7 boletos por mês.
Mensalidade: R$ 9,90
Tarifa por boleto compensado = R$ 2,49 (A menor tarifa do Brasil)
Transferência DOC ou TED = R$ 5,90
Saque em caixas eletrônicos = R$7,99

Não. Para adquirir a sua conta digital é totalmente gratuito. Você baixa o APP da conta.MOBI grátis ou acessa pela internet, depois faz seu cadastro e pronto, já tem uma conta.MOBI. Durante 30 dias, você fica isento de mensalidade e enquadrado no plano de tarifas Super Reduzidas, que possui as menores tarifas para movimentações na sua conta. Depois desse período, você escolhe dentre os três planos oferecidos pela conta.MOBI, o que melhor irá atendê-lo.

Ao solicitar o cartão físico de débito internacional Visa da sua conta, a conta.MOBI encaminha por e-mail um boleto no valor de R$ 23,90, referente a taxa de emissão. Somente mediante o pagamento do boleto é que encaminhamos para seu endereço o cartão. Por isso, caso não receba o boleto, entre em contato com a conta.MOBI através da nossa Central de Atendimento (Chat, Redes Sociais ou pelo 4007-2639. Um dos nossos consultores irá confirmar seus dados e verificar se seu e-mail está correto. Após fazer a confirmação, imediatamente será reenviado ao seu e-mail o boleto.

Após a confirmação de pagamento do seu boleto, o que acontece em até 3 dias úteis, o cartão físico de débito internacional Visa será enviado imediatamente, chegando no seu endereço em até 21 dias úteis.

Quando tentar acessar a sua conta digital e não conseguir fazê-lo, pode ser que uma das situações abaixo tenha acontecido:

Inseriu senha errada: certifique-se de que preencheu a senha de acesso corretamente. Ela é composta por 6 dígitos numéricos e foi criada por você no momento de ativação da conta. Caso não consiga se lembrar da senha, clique no link ESQUECI MINHA SENHA, localizado logo abaixo o campo SENHA da tela de acesso a sua conta. Em seguida, preencha os dados pedidos. Você receberá um e-mail com um link para redefinir sua senha.

Site fora do ar: A conta.MOBI busca diariamente se aperfeiçoar para que sua experiência com a conta digital seja cada vez melhor, o que implica na manutenção do site, deixando-o fora do ar por alguns instantes. Caso isso aconteça, aguarde alguns minutos e acesse novamente sua conta.

Não ativou a conta: Ao finalizar o seu cadastro e receber seu cartão virtual da conta.MOBI, é necessário que você acesse o site e faça a ativação da sua conta. Para isso, dentro do link POSSO TE AJUDAR, clique na opção ATIVAR CONTA, insira os dados solicitados e pronto, você já conseguirá acessar sua conta digital.

Sim. Ao abrir a conta digital você receberá um cartão digital por e-mail. É através dele que você acessará sua conta e movimentar o seu dinheiro. Mas se desejar realizar compras e saques em redes credenciadas, você necessitará solicitar o cartão físico de débito internacional Visa. Com ele você poderá fazer compras em milhares de estabelecimentos credenciados a Rede Visa e ainda realizar saques e pagamentos através dos terminais bancários do Bradesco, além da Rede 24H.

Ao solicitar a conta.MOBI, você receberá, por e-mail, o cartão digital. Como ele você fará a ativação do seu cadastro e validará transações como pagamento de contas, transferências entre cartões conta.MOBI, DOC e TED, emitir boletos e fazer compras online.

Sim. Por apenas R$23,90 você recebe no seu endereço o cartão de débito internacional VISA e pode fazer compras em todos os estabelecimentos credenciados e realizar pagamento de contas. Ao solicitar o cartão, será encaminhado para seu e-mail o boleto referente a taxa de emissão do cartão que deverá ser pago até a data do vencimento. Assim que seu pagamento for identificado, encaminhamos o seu cartão físico de débito internacional Visa.

Com o cartão digital da conta.MOBI movimenta sua conta, podendo fazer transferências, pagar contas, verificar saldo e extrato, emitir boletos, fazer compras online e planejar uma reserva financeira. Já o cartão físico você usará para realizar compras em estabelecimentos físicos e fazer saques.

O cartão digital conta.MOBI será enviado para o seu e-mail cadastrado no sistema da conta.MOBI. Após fazer a confirmação da solicitação da conta, imediatamente você receberá um e-mail contendo a parte da frente do seu cartão. Por uma questão de segurança, a parte de trás do seu cartão será encaminhada em um segundo e-mail.

Sim. A entrega do cartão físico da conta.MOBI só é feita mediante a assinatura que comprove o recebimento da correspondência. Por isso, é imprescindível que tenha alguém para receber o cartão, caso você não esteja presente. Os Correios fazem 3 tentativas de entrega, caso ninguém esteja presente em nenhuma delas, o cartão volta para a sede da conta.MOBI e você terá que arcar com uma nova taxa de entrega pelos Correios. Após o pagamento da taxa você será informado sobre o prazo de entrega.

Sim. Assim que seu cartão for enviado você receberá um e-mail com o código de rastreio! Após o recebimento basta acessar o link http://www2.correios.com.br/sistemas/rastreamento e verificar a posição do seu cartão.

Caso o prazo de entrega do seu cartão já tenha vencido e você ainda não o recebeu, pode ser que na hora de realizar seu cadastro na conta.MOBI tenha informado endereço errado ou incompleto, impedindo assim que ele fosse encontrado. Além disso, pode ter acontecido de nas três tentativas de entrega do cartão não tenha sido encontrado ninguém no local para recebê-lo. Mas se nenhuma das situações anteriores tiver ocorrido, provavelmente trata-se de falha no sistema dos Correios. Entre em contato com a conta.MOBI, por meio da Central de Atendimento (31) 4007-2639 ou através do nosso CHAT.

Tanto o cartão físico quanto o cartão digital da conta.MOBI são pré-embossados. Isso quer dizer que o cartão já vem com um número de identificação determinado, o que impossibilita constar seu nome ou o de sua empresa. No entanto, ao abrir a sua conta você pode escolher, durante o cadastro, se ela será feita em seu nome ou no da empresa.

A bandeira do seu cartão é VISA Internacional, uma das maiores instituições financeiras do mundo, credenciadas a milhares de estabelecimentos em todo o mundo.

Não. O cartão conta.MOBI, seja ele digital deverá ser utilizado na função crédito e o físico, na função débito. Com ele você pode realizar compras em milhares de estabelecimentos credenciados a Visa no país e no exterior.

Não. O cartão da conta.MOBI não possui nenhum programa de pontos.

Depende. O sistema da conta.MOBI não oferece integração com e-commerce. Mas sendo um cliente da conta digital, você pode optar por emitir boletos manualmente para realizar as vendas pela internet para seus clientes. Através do nosso mais completo sistema de emissão de boletos do país você consegue reduzir a taxa de inadimplência e aumentar seus lucros.

Basta acessar sua conta por meio do APP ou site, em MEUS GANHOS selecionar a opção Boleto único ou múltiplos, inserir os dados pedidos e pronto. Você pode enviar o boleto ao seu cliente por e-mail e SMS. É muito fácil e rápido!

Não. Cada cartão possui um número que é vinculado a uma única conta digital. Assim, solicitar um novo cartão significa abrir uma nova conta, como cada cliente só pode ter uma conta por CPF e/ou CNPJ não é possível que solicite um novo cartão.

Em caso de dúvidas, você pode entrar em contato com a conta.MOBI através da Central de Atendimento pelo telefone 4007-2639 ou encaminhar e-mail para relacionamento@conta.mobi. Além disso, você pode encaminhar suas dúvidas pelo Facebook (https://www.facebook.com/conta.mobi) ou então pelo CHAT, através do site ou APP.

A Central de Atendimento da conta.MOBI funciona de segunda a sexta-feira das 9h às 20h. No entanto, você pode tentar solucionar suas dúvidas através do Chat online com atendimento 24 horas, através do APP ou site.

Após fazer o bloqueio do cartão, que deve ser realizado pelo APP ou site na opção Gerenciamento existente no menu. Em seguida, solicite a segunda via através da Central de Relacionamento – (31) 4007-2639, relacionamento@conta.mobi.

A sua conta digital pode ser movimentada através do Site (www.conta.mobi) e do Aplicativo Mobile. Além disso, os saques podem ser feitos em terminais da Rede Banco 24 Horas que contém o adesivo Visa Plus.

A Opção Emissão de DAS oferecida pela conta.MOBI é mais uma solução que busca proporcionar facilidade e praticidade para o dia a dia do empreendedor. A DAS é o Documento de Arrecadação Simplificada do MEI, é por meio dela que se faz o pagamento mensal das obrigações tributárias do Microempreendedor Individual.
Ao selecionar a opção Emissão de DAS na sua conta digital, automaticamente você é direcionado para a página do Portal do Simples na Nacional onde fará a emissão da guia de recolhimento mensal.

Não. Ao se formalizar o MEI passa a ter direito a emitir Nota Fiscal, ferramenta que o ajuda a profissionalizar seu negócio. No entanto, a emissão de notas não é obrigatória quando a empresa vender para outra pessoa jurídica e quando o consumidor solicitar a sua nota fiscal.

Pela sua conta digital não é possível emitir nota fiscal, mas nos casos em que você não tem a obrigação de emitir notas fiscais aos seus clientes, a conta.MOBI oferece uma alternativa prática e fácil para que continue transmitindo a segurança de que seu negócio é profissionalizado e sério.

A partir da conta digital, você tem acesso a uma ferramenta que irá gerar recibos de pagamento contendo todos os dados da compra do serviço/produto, para que você possa encaminhar ao seu cliente. Todo o processo é online e realizado rapidamente! Assim, você fomenta a confiança do seu cliente e melhora o relacionamento.

Não. A qualquer momento em que desejar você pode se desvincular da conta.MOBI sem pagar nenhuma multa ou ter algum custo por isso.

Clique aqui e faça download os termos de uso da conta.MOBI.

Para cancelar sua conta acesse o link – http://conta.mobi/cancelamento/ – e preencha o formulário ou entre em contato com nossa Central de Atendimento 4007-2639.

Administração da conta

Para acessar sua conta digital, você tem duas opções:

Acesso pelo site – Entre no site conta.mobi, selecione a opção “Acessar Conta” localizada no cabeçalho (menu). Você será redirecionado para uma tela de acesso, digite o número do seu CPF e a senha de acesso a conta de 6 dígitos e clicar em entrar.

Acesso pelo APP – Entre no aplicativo da conta.MOBI que você baixou em seu smartphone, em seguida insira o número do seu CPF e a senha de acesso de 6 dígitos e clique em entrar.

Para ativar sua conta digital, acesse o site ou APP conta.MOBI clique em ATIVAR CONTA, insira o número do seu CPF, o código de ativação e crie uma senha de 6 dígitos, em seguida clique no botão ativar conta.

A sua senha de acesso a conta digital possui 6 dígitos e foi criada por você ao realizar o primeiro acesso a conta.

Sim. Ao digitar a senha do seu cartão errada mais de três vezes, automaticamente ele ficará bloqueado por 24 horas. Decorrido esse prazo, o uso do cartão voltará ao normal com a mesma senha que você cadastrou.

Caso você esqueça a sua senha de acesso a conta digital, clique na opção ‘ESQUECI MINHA SENHA’, ao clicar nessa opção você receberá um e-mail constando um link que encaminhará você para a página de redefinição de senha.

Para alterar algum dos dados que você cadastrou quando estava solicitando sua conta digital, primeiro é necessário que você a acesse, seja através do APP ou do site, selecione a opção alterar dados, substitua as informações que desejar e em seguida clique em salvar.

Para movimentar a sua conta digital, você precisará do seu cartão conta.MOBI, seja o físico ou digital, pois é com ele que você validará todas as transações financeiras como:  transferências entre cartões conta.MOBI, DOC e TED, saques, pagamentos de contas, emissão de boletos, consulta de saldo e extrato.

Não. A conta. MOBI não oferece serviços de crédito e cheques.

Sim. Para desbloquear seu cartão, acesse sua conta digital. No menu localizado no canto superior da tela (acesso pelo site) ou na lateral esquerda da tela do seu Smartphone (acesso pelo APP) clique em Gerenciamento e selecione a opção bloqueio/desbloqueio do cartão. Depois, basta confirmar se os dados apresentados na tela referem-se ao seu cartão e finalizar o desbloqueio.

Para ativar ou alterar a senha de 4 dígitos do cartão acesse sua conta e clique no ícone de usuário, localizado no canto superior direito da tela.  Selecione a opção ‘Alterar senha do cartão’, insira e confirme a nova senha e clique em alterar.

Para bloquear ou desbloquear seu cartão, acesse sua conta digital. No menu localizado no canto superior da tela (acesso pelo site) ou na lateral esquerda da tela do seu Smartphone (acesso pelo APP) clique em Gerenciamento e selecione  a opção bloqueio/desbloqueio do cartão. Depois, basta confirmar se os dados apresentados na tela referem-se ao seu cartão e finalizar o desbloqueio.

Sim. O cartão da conta.MOBI, seja o físico ou digital, é necessário para validar qualquer transação ou movimentação da sua conta.

Sim. O seu cartão da conta.MOBI é Internacional, o que permite você a usá-lo para fazer compras na função débito fora do país.

Sim. Para cadastrar seus clientes no sistema e assim facilitar suas cobranças, você deve acessar sua conta e no menu principal, em Gerenciamento, selecionar a opção CADASTRAR NOVO. Em seguida, insira dos dados dos seus clientes e selecione a opção salvar.

Para localizar um cliente já cadastrado no sistema, acesse sua conta e no menu principal, em Gerenciamento, selecionar a opção VER MEUS CLIENTES. Em seguida, aparecerá a lista com todos os seus clientes cadastrados. Para facilitar sua busca por um determinado contato, basta preencher os dados em dos seguintes filtros: telefone, e-mail, cidade, estado. Além disso, você pode editar informações ou excluir um contato.  Para editar clique no ícone do lápis, para excluir clique no X e para visualizar as informações do contato, clique na lupa.

Após 30 dias sem movimentar a conta, poderá ser gerada a cobrança de uma taxa de inatividade, no valor de R$ 15,00. A conta poderá ser cancela, sem aviso prévio, caso não seja feita movimentações durante 6 meses.

Sim. Se no prazo de 20 dias sua conta.MOBI não for ativada ela pode ser cancelada automaticamente!

Acesse sua conta, no menu principal selecione a opção Meus Ganhos. Nele você poderá consultar seu saldo e extrato para controlar melhor seus gastos e ganhos.

Para mudar o seu plano de tarifas acesse sua conta e no ícone de usuário, localizado no canto superior à direita da tela, selecione a opção MEU PLANO. Você será direcionado para uma janela em que verá todas as informações referentes a cada plano para que escolha o que melhor atenda às suas necessidades.

Através do APP, na tela de acesso a conta digital, você pode escolher a opção SUPORTE AO EMPREENDEDOR e preencher os dados solicitados, e conversar no CHAT que te dará o apoio na formalização do MEI.

Não. Ao baixar o APP e realizar a abertura da sua conta, a conta.MOBI oferece gratuitamente a ajuda na formalização do CNPJ MEI. É importante lembrar também que todo o processo de formalização é sem nenhum custo.

Recebimento

Para realizar um depósito em sua conta digital, você precisará emitir um boleto com seus dados e efetuar o pagamento. Em até 48 horas o dinheiro já estará disponível em sua conta.

Sim. O limite para transações é de R$ 5.000, ao ultrapassar esse limite é necessário entrar em contato com nossa Central de Atendimento pelo 4007-2639 e seguir alguns procedimentos. Você poderá também obter informações no item: “Quais os documentos necessários para abrir a conta?”

Para receber dos seus clientes de forma prática e muito segura, reduzindo assim a inadimplência, a sua conta digital oferece o melhor sistema de emissão de boletos do país.

Através dessa ferramenta você pode gerar boletos únicos ou múltiplos, em caso de pagamentos parcelados. Você também pode cadastrar os clientes para quando for emitir boletos de pagamento para eles, já tenha todos os seus dados salvos.

Além disso, a conta digital permite a você enviar o link do boleto por SMS ou e-mail, emitir boleto junto com o recibo do pagador e armazenar todos os boletos emitidos no sistema.

E por fim, você tem a tranquilidade de estar lidando com uma ferramenta segura que pode ser protestada, garantindo assim o seu recebimento.

Através dos boletos. Para isso, basta gerar um boleto em sua Conta Digital e pagá-lo em qualquer instituição bancária ou casa lotérica.

Para emitir um boleto, você deverá acessar sua conta e na opção MEUS GANHOS, clicar em ‘Boleto único ou múltiplos’. Se desejar emitir um boleto único, preencha os dados pedidos e clique na opção emitir boleto. Mas se precisar emitir boletos múltiplos, preencha os dados e na opção ‘boletos múltiplos’ selecione SIM para ‘agendar boletos’, informe as datas de emissão dos boletos e clique em emitir boletos. Caso deseje, você também pode configurar o envio de mensagens para seus clientes para lembra-los de pagar os boletos antes do vencimento, receber notificação de pagamento e de agradecimento de pagamento.

O moderno sistema de emissão de boletos da sua conta digital, oferece diferentes formas de envio do boleto para seu cliente, para garantir assim o seu conforto. Você pode optar por e-mail o link do boleto por SMS ou o arquivo por e-mail. Além disso, você pode imprimir o boleto e entregá-lo em mãos para seus clientes.

Sim. Se optar por gerar boletos múltiplos é possível programar a periodicidade e a data de envio dos boletos. Para isso, em ‘boleto único ou múltiplos’ selecione SIM para a opção agendar próximos boletos. Determine a periodicidade e o número de agendamentos e clique em emitir boleto.

Sim. Você pode emitir diversos boletos para um mesmo cliente. Caso ele tenha realizado uma compra parcelada, emita boletos múltiplos. Mas se desejar emitir boletos únicos com dados diferentes, também é possível.

Não. O sistema de emissão de boletos da conta.MOBI é tarifado por boletos compensados e não por boletos emitidos, assim se você emitir um boleto e o cliente ao invés de pagá-lo te repassar o dinheiro, então você não pagará nada por isso. Para a compensação de boletos, as tarifas variam de acordo com o seu plano.  Para o plano sem mensalidade, o valor de tarifa cobrado por boleto compensado é de R$ 3,99, para o plano de tarifas reduzidas o valor passa a ser de R$ 2,99, já para o plano de tarifas super reduzidas, você paga só R$ 2,49 por boleto compensado.

Por meio dessa ferramenta você pode gerar boletos únicos ou múltiplos, em caso de pagamentos parcelados. Você também pode cadastrar os clientes para quando for emitir boletos de pagamento já tenha todos os dados deles salvos.

Além disso, a conta digital permite a você enviar o link do boleto por SMS ou e-mail, emitir boleto junto com o recibo do pagador e armazenar todos os boletos emitidos no sistema.

E por fim, você tem a tranquilidade de estar lidando com uma ferramenta segura que pode ser protestada, garantindo assim o seu recebimento.

Sim. Todos os boletos gerados pela sua conta digital podem ser configurados com os dados do pagador.

Não. O campo destinado ao nome do beneficiário é inalterável e preenchido pelo nome da administradora da conta.MOBI, Brasil Pré-Pago (BPP). No entanto, você tem a opção de emitir um recibo junto com o boleto, no qual consta todas as informações necessárias para a validação do seu boleto.

Sim. Os boletos gerados em sua conta digital são pagáveis em qualquer banco até o vencimento.

Não. Mas você pode emitir um novo boleto com os mesmos dados e valor para seus clientes, sem ter quer arcar com nenhum custo a mais por isso.

Quantos você quiser. A conta.MOBI não trabalha com limite para emissão mensal de boleto. Você emite quantos precisar e só paga por boleto compensado.

Boletos múltiplos são recomendados para os casos que você tenha realizado uma venda parcelada. Por meio deles você pode gerar uma série de boletos de acordo com a periodicidade e número de agendamento que você necessitar.

Neste caso, tanto o valor referente ao pagamento do boleto quanto a transferência estarão disponíveis em sua conta em até 2 dias úteis se a operação tiver sido feita até às 16h após este horário o prazo passa para 3 dias úteis. Além disso, vale ressaltar que se a transferência entre conta.MOBI, ocorre imediatamente.

Não. A conta.MOBI não permite a inserção de taxa de juros e multa nos boletos atrasados, pois o sistema não recebe ou paga boletos vencidos.

O protesto é uma forma rápida e segura para se receber uma dívida. O protesto não obriga o devedor a pagar sua dívida, mas seu nome ficará negativado no cadastro de inadimplentes, até que seu débito seja liquidado. Se mesmo após o protesto, o devedor não saldar sua dívida, o cedente (emissor do boleto) poderá ajuizar uma ação de cobrança na justiça.

Todo boleto para ser protestado, deve-se apresentar uma Nota Fiscal de compra, documento este que comprova que uma pessoa lhe deve. Você deverá seguir as instruções corretas para se efetuar um protesto. Existe um cartório denominado “Tabelionato de Notas e Protesto e Títulos”, onde você entregará sua solicitação. Então o mesmo encaminhará para o cartório responsável em protestar seu boleto.

Na solicitação de protesto, deverá constar todos os dados do devedor atualizados, pois você é o responsável pelas informações enviadas ao cartório. Por isso é muito importante confirmar os dados do cliente, antes de protestar um título. Verificar se os valores estão corretos, os vencimentos, os números referentes aos títulos, enfim todos os dados.

Faz-se necessário saber que, o devedor deverá saldar sua dívida adiantadamente. Feito isso poderá ir ao cartório indicado para então retirar o protesto, levando em mãos os comprovantes de pagamento da dívida, em caso de ela ter sido paga no local onde está devendo. Caso efetue o pagamento direto no cartório dentro do prazo estipulado, não será necessário ir até o devedor para adquirir um recibo, o comprovante do cartório já é suficiente.

Caso o protesto ainda não tenha sido concretizado, o pagamento deverá ser feito no cartório indicado e as despesas decorrentes do protesto, ficarão por conta do emissor do boleto.

Mas se o devedor já tiver pago ao seu credor o valor correspondente às despesas, então o mesmo será obrigada a devolver os valores recebidos (somente os valores referentes às despesas de cartório, não referente à dívida).

Se você não está conseguindo emitir um boleto, talvez seja pelos seguintes motivos abaixo:

– Existe um erro nos seus dados cadastrados ou no do pagador.

– Você não fez sua senha de 4 dígitos do cartão, a qual valida a operação

– Falha no sistema da conta.MOBI

Por isso, confirma os dados informados no boleto, caso estejam corretos certifique-se de que criou a senha de 4 dígitos do seu cartão e se está fornecendo a senha a correta. Se mesmo assim, não conseguir emitir o boleto entre em contato com a Central de Atendimento através do telefone (31) 4007-2639 ou envie uma mensagem pelo CHAT.

Pagamentos

Se você realizou um pagamento e ele ainda não foi processado talvez seja porque o boleto que você pago estava vencido. Se o motivo for esse, fique tranquilo! O pagamento não será aceito e o estorno acontecerá de forma automática na sua conta.

Mas se o pagamento realizado não estava com a data vencida, pode ser que tenha ocorrido um erro no sistema e o seu dinheiro ficou bloqueado na administradora. Se isso acontecer, entre em contato com a Central de Atendimento através do telefone (31) 4007-2639.

Acesse sua conta e no menu ‘’Minhas Contas’’ selecione a opção “Pagamento de Contas’’, insira o código de barra e as outras informações pedidas e finalize o pagamento. Você pode agendar o pagamento desta mesma conta para os outros meses, evitando assim que você esqueça de pagá-la e tenha que arcar com multas.

É importante ressaltar que não serão aceitos pagamentos vencidos e somente serão processados nos mesmo dia os pagamentos realizados até às 16h.

Sim. Por meio da sua conta digital você pode agendar o pagamento de contas e nunca mais pagar multas por esquecimento. Para isso, acesse sua conta e no menu ‘’Minhas Contas’’ selecione a opção “Pagamento de Contas’’, selecione SIM para a opção ‘’Agendar Próximos Pagamentos’’, insira a periodicidade e número de agendamentos desejados e finalize a operação.

Não. Para que seus pagamentos sejam aceitos, é necessário que as contas estejam dentro do prazo de vencimento. Caso tenha passado o vencimento, o pagamento não é aceito e o estorno acontecerá de forma automática na sua conta, depois da informação de rejeição do banco.

Não. A conta.MOBI não cobra nenhum tipo de taxa para o serviço de pagamento de contas.

A sua conta digital está disponível para contas de água, luz, gás e boletos em geral. Qualquer cobrança de tributos, não devem ser pagas na conta.MOBI.

Não. Além da opção de pagar suas contas pela conta.MOBI, você também pode utilizar o Bradesco para realizar pagamentos.

Não. A única forma de entrar dinheiro na sua conta.MOBI é através do pagamento de boleto. Caso deseje passar um valor da sua conta bancária para a digital, você deverá emitir um boleto em seu nome e fazer o pagamento do mesmo.

Apesar da conta.MOBI não aceitar transferências feitas de outros bancos, é possível que você faça uma transferência de conta.MOBI para outro banco, assim como de conta.MOBI para conta.MOBI.

Pela sua conta digital é possível fazer transferência entre cartões da conta.MOBI, além de DOC e TED para outros bancos.

Ao fazer uma transferência da minha conta digital para uma conta bancária, em quanto tempo o dinheiro estará disponível na conta?

Neste caso, tanto o valor referente ao pagamento do boleto quanto a transferência estarão disponíveis em sua conta em até 2 dias úteis se a operação tiver sido feita até às 16h após este horário o prazo passa para 3 dias úteis. Além disso, vale ressaltar que se a transferência for de conta.MOBI para conta.MOBI ocorre imediatamente.

Neste caso, tanto o valor referente ao pagamento do boleto quanto a transferência estarão disponíveis em sua conta em até 2 dias úteis se a operação tiver sido feita até às 16h após este horário o prazo passa para 3 dias úteis. Além disso, vale ressaltar que se a transferência for de conta.MOBI para conta.MOBI ocorre imediatamente.

Basta acessar a sua conta e em ‘minhas contas’ selecionar a opção transferência entre cartões. Em seguida, você deverá inserir os dados do cartão de destino e completar as informações pedidas. Após concluir a transação, imediatamente o dinheiro fica disponível na conta do destinatário e você não tem nenhum custo por isso.

Depende. Transferência entre cartões conta.mobi não existe limite. No entanto, se for realizar uma transferência bancária o limite diário é de R$ 15 mil.

Quantas você quiser! Não há limites para o número de transferências realizadas com sua Conta Digital.

As transferências realizadas de conta.MOBI para conta.MOBI não são cobradas, já as transferências bancárias, são taxadas de acordo com os planos oferecidos.

Plano Sem Mensalidade: Transferência DOC ou TED – R$ 7,99

Plano de Tarifas Reduzidas: Transferência DOC ou TED – R$ 6,99

Plano de Tarifas Super Reduzidas: Transferência DOC ou TED – R$ 5,99

Formalização

O MEI é o pequeno empresário individual que atende as condições abaixo relacionadas:

a) tenha faturamento limitado a R$ 60.000,00 por ano
b) Que não participe como sócio, administrador ou titular de outra empresa;
c) Contrate no máximo um empregado;
d) Exerça uma das atividades econômicas previstas no Anexo XIII, da Resolução do Comitê Gestor do Simples Nacional de nº 94/2011, o qual relaciona todas as atividades permitidas ao MEI.

A formalização é o procedimento que dá vida à empresa, ou seja, é o registro empresarial que consiste na regularização da situação da pessoa que exerce atividade econômica frente aos órgãos do Governo, como Junta Comercial, Receita Federal, Prefeitura e órgãos responsáveis por eventuais licenciamentos, quando necessários. A formalização é gratuita e deve ser feita pelo Portal do Empreendedor.

  • Acesse o site: portaldoempreendedor.gov.br.
  • No menu a esquerda do site, clique em MEI – MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL.
  • Em seguida, selecione a opção FORMALIZAÇÃO – INSCRIÇÃO.
  • Preencher suas informações cadastrais no formulário de inscrição.
  • Você precisará dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de endereço da empresa e da residência, título de eleitor, nº da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (se declarou nos últimos dois anos), consulta prévia de localização aprovada (se o município exigir).

O processo de formalização do MEI será considerado devidamente concluído com a emissão automática, pelo Portal do Empreendedor, do Certificado da Condição de Microempreendedor Individual – CCMEI, que é o documento comprobatório do registro como MEI.

Para cancelar a inscrição como MEI, basta acessar o Portal do Empreendedor e solicitar a baixa do registro.  Após realizar a baixa no Portal do Empreendedor, o MEI deverá preencher a Declaração Anual para o MEI – DASN-SIMEI de Extinção – Encerramento, acessando o Portal do Empreendedor e clicando no link Portal do Simples Nacional.

Com base no artigo 9º da LC nº 123, a baixa do MEI ocorrerá independentemente da regularidade de suas obrigações tributárias, previdenciárias ou trabalhistas, principais ou acessórias, sem prejuízo de suas responsabilidades por tais obrigações.

A baixa do registro, sem quitação dos débitos, não impede que posteriormente sejam lançados ou cobrados do titular os impostos, contribuições e respectivas penalidades decorrentes da simples falta de recolhimento ou da prática comprovada e apurada em processo administrativo ou judicial de outras irregularidades praticadas.

Cobertura previdenciária
Uma vez que recolhe INSS, o empreendedor individual tem cobertura previdenciária. Ela vale tanto para o empreendedor quanto para a família dele e inclui: auxílio-doença, aposentaria por idade, salário-maternidade, pensão e auxílio reclusão.

A contribuição simplificada feita pelo MEI garante-lhe direito a aposentadoria por idade, independente do tempo de contribuição e desde que tenha contribuído por no mínimo 15 anos.

Isenção de taxas para abertura da empresa
Todo o processo para abrir sua empresa é gratuito e você não precisa gastar nada. Paga-se apenas o imposto único – DAS e não existem mais cobranças extras.

Acesso facilitado a bancos e créditos
Muitas instituições financeiras têm linhas de crédito em condições especiais para o MEI. Além de menores tarifas e taxas de juros, há outras condições de financiamento interessantes.

Menor carga tributária
O MEI também possui uma menor carga tributária em relação às empresas convencionais. Enquanto as empresas tributadas pelo Simples Nacional possuem alíquotas de 4% a 22,9% sobre toda a receita bruta, o MEI pagará sempre uma parcela fixa de no máximo R$ 50,00 mensais. Esses valores são atualizados anualmente, de acordo com o salário mínimo.

Contratação de um funcionário a baixo custo
O microempreendedor individual possui o direito de contratar um funcionário pelo salário mínimo ou salário base da categoria, possuindo um custo de manutenção menor do que as empresas convencionais. No caso, deve-se pagar impostos de apenas 11% sobre o valor do salário como obrigações trabalhistas, sendo 3% Previdência e 8% FGTS.

Menor burocracia
Para facilitar os processos do MEI, o governo diminuiu a burocracia necessária para a rotina desse empresário. Contudo, esta ausência de burocracia não é total, devendo o MEI estar sempre atento às suas receitas e custos e as obrigações necessárias quando se tem um empregado.

Criação de consórcios para realização de compras
OS MEIs podem formalizar consórcios com o objetivo de realizar compras. Basicamente, são formados grupos de microempreendedor com necessidades de compras parecidas. Pelos consórcios, o MEI passa a ter maior volume em seus pedidos e, por consequência, maior poder de barganha junto as grandes vendedoras, o que garante aos microempreendedores melhores condições de preço e pagamento.

Segurança Jurídica
A formalização do MEI é prevista por uma Lei Complementar, o que significa que a modificação das regras estabelecidas para esse profissional não é simples. Dando assim garantias ao MEI de que o mesmo não sofrerá surpresas jurídicas ao longo de seu caminho de formalização.

Emissão de notas fiscais
O MEI poderá melhorar seu relacionamento com fornecedores e clientes através da emissão de notas fiscais, quando realizar vendas ou prestar seus serviços. Uma vez, que ele passa a ser visto como um empresário formal surge mais oportunidades de crescimento do seu negócio.

Assistência contábil gratuita no primeiro ano
O Microempreendedor Individual tem direito a atendimento gratuito relativo à esclarecimento de dúvidas sobre a inscrição e a primeira declaração anual simplificada, por meio de uma rede de empresas contábeis optantes pelo Simples Nacional.

A formalização é feita pela internet! O CNPJ, a inscrição na Junta Comercial, no INSS e o Alvará Provisório de Funcionamento são obtidos imediatamente, gerando um documento único, que é o Certificado da Condição de Microempreendedor Individual – CCMEI. Não há a necessidade de assinaturas ou envio de documentos e cópias. Tudo é feito eletronicamente.

O ato de formalização está isento de qualquer tarifa ou taxa, todavia, após a formalização é necessário o pagamento mensal dos tributos de R$ 44,00 (INSS), acrescido de R$ 5,00 (para Prestadores de Serviço) ou R$ 1,00 (para Comércio e Indústria) por meio do DAS (carnê) emitido através do Portal do Empreendedor ou através do Carnê da Cidadania recebido em casa por meio dos correios.

A idade mínima é de 18 anos, porém, poderão registrar-se como MEI as pessoas maiores de 16 anos e menores de 18 anos legalmente emancipadas. Nesse último caso, é obrigatório, ao se inscrever no Portal do Empreendedor, o preenchimento eletrônico da Declaração de Capacidade, com o seguinte texto: “Declaro, sob as penas da Lei, ser legalmente emancipado”.

Sim, poderão ser realizadas fiscalizações. A Secretaria da Receita Federal, as Secretarias de Fazenda dos Estados e as Secretarias Municipais de Finanças poderão fiscalizar o cumprimento das obrigações fiscais.

Além das fiscalizações tributárias, também poderão ser realizadas fiscalizações trabalhistas, sanitárias, ambientais, metrológicas e de segurança contra incêndio, sendo estas, obrigatoriamente orientadoras na primeira visita, conforme prevê o artigo 55 da Lei Complementar 123/2006. Também poderá ocorrer fiscalização orientadora quanto ao uso e ocupação do solo, conforme prevê a Lei Complementar n. 147/2014.

O MEI não tem contrato social e não pode ter sócio. O MEI é um Empresário Individual, que exerce atividade econômica em nome próprio.  O Certificado da Condição de Microempreendedor Individual – CCMEI  é o documento comprobatório do registro como MEI, conforme previsto na Resolução CGSIM n. 16, de 17 de Dezembro de 2009, e substitui o Requerimento de Empresário para todos os fins.

Sim, a qualquer momento o MEI pode cadastrar um nome fantasia. O nome fantasia é cadastrado através do Portal do Empreendedor, no menu alteração de dados cadastrais. Importante atentar-se para as regras do Instituto Nacional da Propriedade Intelectual – INPI, que é o órgão que faz o registro de marcas. O simples cadastro do nome fantasia na Junta Comercial não dá direito ao uso do mesmo caso seja registrado como marca por outra empresa. Caso o MEI queira registrar o nome fantasia que usa como marca, deverá acessar o site do INPI: http://www.inpi.gov.br para adquirir mais informações.

No momento da formalização o MEI não pode ser titular, sócio ou administrador de outra empresa, pois isso constitui impedimento para o seu cadastramento. Qualquer dúvida procure um posto de atendimento da Receita Federal do Brasil, para consulta e certificação da sua situação cadastral.

Sim. Além da atividade principal, o MEI pode registrar até 15 (quinze) ocupações para suas atividades secundárias, as quais serão vinculadas ao código de Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAE.

1 – Pensionista e Servidor Público Federal em atividade. Servidores públicos estaduais e municipais devem observar os critérios da respectiva legislação, que podem variar conforme o estado ou município.

2 – Estrangeiro com visto provisório (formalizar apenas mediante apresentação do RNE – Registro Nacional de Estrangeiros, pois este é o “visto permanente”).

3 – Pessoa que seja titular, sócio ou administrador de outra empresa.

Para a formalização é necessário informar o número do CPF e data de nascimento do titular, o número do título de eleitor ou o número do último recibo de entrega da Declaração Anual de Imposto de Renda Pessoa Física – DIRPF, caso esteja obrigado a entregar a DIRPF.

Lembre-se também de que é necessário conhecer as normas da Prefeitura ou Administração para o funcionamento de seu negócio, seja ele qual for.

Após a formalização no Portal do Empreendedor, recomenda-se:

a) Imprimir os DASpara recolhimento das contribuições ao INSS, ISS e/ou ICMS para o ano.
b) Imprimir o Certificado de Microempreendedor Individual –CCMEI;
c) Imprimir o Cartão do CNPJno site da Receita Federal;
d)Imprimir e preencher todo mês o Relatório de Receitas Brutas, disponível no Portal do Empreendedor/Obrigações

Como cada Prefeitura tem sua legislação, normas e procedimentos próprios conforme Códigos de Zoneamento Urbano e de Posturas Municipais recomenda-se realizar uma consulta prévia junto à Prefeitura antes de efetuar a formalização no Portal do Empreendedor para que possa verificar a possibilidade de funcionamento de duas atividades em um mesmo endereço.

Sim. Não há impedimento de um empregado, com carteira assinada, exercer atividade econômica como MEI nas horas vagas.

Não! Não é permitida a substituição do vínculo empregatício principal (emprego com carteira assinada) pela condição de MEI, pois o benefício fiscal criado pela Lei Complementar 128/2008 é destinado ao empreendedor e não às empresas que o contratem. O MEI não pode ter, com o contratante de seu serviço, relação de pessoalidade, subordinação e habitualidade, pois isso caracteriza uma relação de emprego.

Sim. Não há impedimento legal para exercício de atividade como MEI, a não ser que o impedimento conste no estatuto, regimento ou normas internas da empresa. Empregados de empresas públicas estaduais ou municipais devem observar se há alguma norma legal de seu estado ou município que trate sobre o assunto.

As Atividades Permitidas ao MEI são aquelas determinadas segundo o Comitê Gestor do Simples Nacional – CGSN, Anexo XIII da Resolução CGSN n. 94/2011. Acesse o Portal do Empreendedor e clique no link Resolução CGSN nº 94.

Só pode se formalizar como MEI quem exerce ocupação descrita na lista de atividades permitidas constante do Anexo XIII da Resolução CGSN nº 94/2011. Desta forma, recomenda-se que antes de iniciar o processo de formalização, o empreendedor verifique se sua atividade consta na lista do anexo citado acima ou no Portal do Empreendedor.

Sim. Não existem impedimentos para que a pessoa física com débitos, dívidas comerciais ou bancárias, bem como, com restrição cadastral junto às instituições de proteção ao crédito se formalize como MEI.

O aposentado por invalidez poderá abrir um MEI, contudo a abertura do mesmo acarretará na perda do seu benefício previdenciário.

Não. Não é permitida a abertura de MEI para a pessoa que possua outro CNPJ ativo em seu nome.

Sim. Toda empresa poderá optar pela modificação de seu regime de tributação uma vez ao ano. Assim, se uma empresa está no SIMPLES, mas fatura menos que 60 mil ao ano, e ainda atende a todas as demais regras estabelecidas ao MEI, poderá solicitar o seu enquadramento para MEI no início de cada ano. Não sendo permitida a alteração no meio do ano.

Sim, porém você perderá o direito as parcelas do seguro não recebidas a partir do mês seguinte ao da abertura do MEI.

Ao MEI é permitido o faturamento de R$ 60 mil por ano.

O MEI que é aberto no decorrer do ano terá durante o primeiro ano o direito de faturar o valor de R$ 5 mil por mês multiplicado pelo número de meses restantes até o fim do ano,

Por exemplo: se a pessoa realizar a abertura do MEI em setembro ela poderá faturar no máximo R$ 20 mil no ano (R$ 5mil X 4 meses).

O MEI deverá pagar mensalmente seu imposto, o DAS (Documento de Arrecadação do SIMPLES), cuja guia poderá ser emitida pelo portal do empreendedor. O valor desse imposto dependerá do tipo de trabalho do MEI.

Se o MEI trabalhar com comércio, restaurantes ou serviços de transporte de passageiros, pagará um valor de R$ 45,00. Se o MEI trabalhar com prestação de serviços, Pagará um valor de R$ 49,00. E, caso trabalhe com prestação de serviços e com comércio, pagará um valor de R$ 50,00 por mês.

É importante frisar, que enquanto empresa individual, o faturamento do MEI servirá de base também para realização da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física. Ou seja, caso o faturamento do MEI ultrapasse o valor base anual para obrigatoriedade da Declaração de Imposto de Renda na Pessoa Física (R$ 28.123,91 em 2016), ele será obrigado a realizar tal declaração de acordo com as suas regras.

Sim, não existe nenhuma proibição quanto à abertura de um MEI por aposentados. No caso da aposentadoria por idade ou tempo de contribuição não haverá nenhuma consequência, contudo, no caso de aposentadoria por invalidez, você perderá o direito de recebimento do seu benefício.

Não, a única obrigação de pagamento do MEI é a sua DAS mensal. Os demais serviços como Alvará de Funcionamento, Emissão de Nota Fiscal, Taxa de fiscalização são isentos para o MEI. O MEI também é isento do pagamento de taxas sindicais patronais, devendo somente fazer o recolhimento obrigatório do empregado, quando possuir.

Depende. De maneira geral o MEI não é obrigado a emitir nota fiscal, contudo, caso o MEI realize vendas ou serviços para pessoas jurídicas (empresas) ou caso o seu cliente solicite nota fiscal, você será obrigado a fazer a emissão da mesma para ele.

Procure a Secretaria da Fazenda do estado (para vendas e/ou serviços de transportes intermunicipal e interestadual) ou do Município (para prestação de serviços e serviços de transporte municipal), verificar procedimentos de credenciamento, para solicitar a autorização de impressão de nota fiscal (AIDF).

Depois de autorizado, e em posse da AIDF, solicite em uma gráfica a confecção e impressão do bloco de notas, conforme modelos estabelecidos pela legislação. Os blocos de notas devem ser impressos contendo ao menos duas vias e numerados sequencialmente.

Para emitir Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e) você deve adquirir o Certificado Digital ou Assinatura Digital.  O certificado ou assinatura digital é a sua assinatura online e tem a função de confirmar que é a sua empresa quem está emitindo a nota fiscal, evitando fraudes eletrônicas.

Para emitir o seu certificado digital procure uma Autoridade Certificadora Credenciada pela ICP. Já para adquirir uma assinatura digital, você deverá verificar a disponibilidade da mesma em seu município ou estado. Isso porque ela é disponibilizada por algumas prefeituras para possibilitar a emissão de nota fiscal eletrônica sem a necessidade de um certificado digital.

b) Faça o seu cadastramento junto à Secretaria da Fazenda do seu estado/ município
Em algumas prefeituras e estados, o cadastramento da nota fiscal eletrônica poderá ser feito virtualmente através do site da Secretaria da Fazenda estadual ou municipal.

c) Identifique como será emitida a sua nota fiscal
Quando a prefeitura/estado em que sua empresa estiver sediada oferecer a possibilidade, a emissão será realizada através de seus sites. Quando não houver essa alternativa, será necessária a instalação de um software emissor de nota fiscal.

Na descrição de sua nota fiscal você deverá colocar o serviço que foi realizado ao seu cliente. Devendo sempre tomar o cuidado de realizar somente serviços previstos nas atividades inscritas para o seu MEI. Caso necessite realizar algum serviço diferente das atividades permitidas ao seu MEI, faça primeiro a atualização no seu cadastro para só então prestar o serviço e emitir a Nota Fiscal.

O MEI que não realizar o pagamento de suas DAS por dois anos seguidos e não fizer a sua declaração anual, poderá ter o seu CNPJ baixado pela Receita Federal. Ou seja, poderá perder o cadastro de sua empresa e o CNPJ da mesma. É importante frisar que caso isso aconteça, o mesmo não poderá ser recuperado, e em caso de necessidade, você deverá criar uma nova empresa com novo CNPJ.

Para regularizar a situação do seu MEI você deverá realizar os pagamentos das DAS (mensalidades) em aberto e realizar as declarações anuais que não foram feitas. Caso você não tenha condições de quitar todas as DAS em aberto, sugerimos que você faça o pagamento da mais recente e realize as declarações em aberto, acertando as demais mensalidades na medida do possível.

Sim. O pagamento da DAS garante a você o direito a aposentadoria, sendo necessário que possua um mínimo de 180 contribuições, considerando os pagamentos das suas DAS e os demais pagamentos de INSS realizados individualmente e os pagamentos realizados pela empresa em que você tenha trabalhado com carteira assinada. Outro ponto importante é que você só terá o direito a aposentadoria por idade, não sendo considerado o período de pagamento das mensalidades do MEI para a realização de aposentadoria por tempo de contribuição.

Não. Não é permitido ao MEI ser proprietário ou possuir participação em outra empresa, assim como ser administrador de empresas.

Sim. Você pode exercer uma atividade diferente, contudo, antes de exercê-la você deverá identificar se a atividade é permitida ao MEI. Sendo permitida, você deverá fazer a alteração cadastral do seu MEI através do site www.portaldoempreendedor.gov.br.

Caso você não ultrapasse o valor de R$ 72.000,00 deverá solicitar o desenquadramento de sua empresa a partir de janeiro do ano seguinte ao que você ultrapassou os R$ 60.000,00. Sendo que, em fevereiro, você deverá pagar o imposto ajustado tanto para o valor das suas receitas de janeiro quanto para o valor das receitas que ultrapassaram os R$ 60.000,00 no ano anterior.

Por outro lado, caso você ultrapasse o valor de R$ 72.000,00, seu desenquadramento será feito retroativo, ou seja, você deverá pagar os impostos atualizados a partir de janeiro do ano em que você ultrapassou o limite de R$ 72.000. Pagando inclusive a multa, juros e correção monetária dos valores em atraso de meses anteriores ao atual.

Sim. Desde que o DAS (mensalidade) esteja com todos os pagamentos em dia, você terá direito ao afastamento pelo INSS em caso de acidente que o impossibilite de realizar seus trabalhos.

Sim. Desde que você tenha realizado o mínimo de 10 contribuições ao INSS.

Contrato Social é o documento que atesta a existência e forma de funcionamento da empresa. O MEI não possui Contrato Social e sim o Certificado da Condição de Microempreendedor Individual, que poderá ser apresentado com a mesma função do Contrato Social. Esse certificado pode ser emitido diretamente pelo Portal do Empreendedor.

Depende. Caso o seu faturamento ultrapasse o valor base anual para obrigatoriedade da Declaração de Imposto de Renda na Pessoa Física (R$ 28.123,91 em 2016), você será obrigado a realizar a declaração de acordo com suas regras.

Sim. A Pessoa Física é o Indivíduo, a pessoa desde o seu nascimento até a sua morte, normalmente reconhecida legalmente pela emissão de certidão de nascimento. Já a pessoa jurídica é a empresa, normalmente reconhecida após o cadastro de seu contrato social. No caso do MEI seu cadastro como pessoa jurídica se dá após a formalização feita pelo portal do empreendedor. De forma geral, significa que ao abrir um MEI abre-se uma empresa, por tanto os recebimentos saem da sua pessoa e passam para a empresa.

Sim. No entanto, ao abrir o MEI você perderá o direito ao recebimento da sua aposentadoria.

Acesso ao contador

O PROGRAMA CONTADORES DO BEM é um programa nacional realizado em parceria entre a FENACON,  conta.MOBI e os SESCONs de São Paulo e Minas Gerais. Seu objetivo é dar ao MEI um canal onde ele possa esclarecer as suas dúvidas e buscar um prestador de serviços confiável, Já ao contador o programa é uma oportunidade de entrar em contato com esses MEIs e com isso possibilitar geração de novos negócios ao seu escritório.

Para ser um Contador do Bem é muito simples, basta acessar www.contadoresdobem.com.br, preencher a ficha de cadastro que se encontra no site e aceitar o termo de participação do programa. Em breve, a Central de Atendimento entrará em contato para esclarecer possíveis dúvidas e finalizar o processo de inserção ao Programa Contadores do Bem.

Em um mercado em crise é importante ter a capacidade de se reinventar e aproveitar as diversas oportunidades que são oferecidas. Nesse sentido, o Programa Contadores do Bem é uma oportunidade para os escritórios contábeis aumentar sua carteira de clientes através do atendimento aos Microempreendedores Individuais. Ao se cadastrar como Contador do Bem, o profissional terá:

– Possibilidade de aumento de sua carteira de cliente por meio do atendimento ao MEI;

– Divulgação do seu escritório no site do Programa Contadores do Bem;

– Reconhecimento social do seu escritório através do selo Contador do Bem – Empresa Contábil Socialmente Responsável;

– Possibilidade de emitir boletos a um custo de apenas R$ 2,49.

Os Contadores do Bem realizam gratuitamente os serviços estabelecidos como gratuitos perante a legislação do SIMPLES Nacional, que são:

– Abertura do CNPJ MEI

– Esclarecimentos de dúvidas contábeis

– Primeira declaração anual do MEI.

No entanto, demais prestações de serviços solicitadas ao contador poderão ser cobradas.

Por meio do Programa Contadores do Bem, você poderá esclarecer qualquer dúvida relacionada a área contábil, tais como:  processo de emissão de nota fiscal, contratação de funcionários, manutenção do MEI, formalização, entre outros.

Após enviar sua dúvida pelo APP ou site da conta.MOBI, automaticamente ela é repassada aos contadores credenciados, priorizando os que estiverem mais próximo de você. Em até 12 horas, a resposta do primeiro contador que atender sua demanda é enviada a você.

Sim. Quando um contador responde sua dúvida, na tela de dúvidas acessada pelo seu APP ou site, você poderá ver o e-mail e telefone dele.

Para se conectar com um contador, você deverá acessar a sua conta digital da conta.MOBI, pelo APP ou site, e no menu GERECIAMENTO, clicar na opção PERGUNTE AO CONTADOR.

O sistema da conta.MOBI enviará a dúvida ao Contador mais próximos ao seu endereço cadastrado em sua conta.mobi. Caso não haja resposta a sua pergunta, o sistema irá encaminhá-la a contadores mais distantes, até que ocorra a efetiva resposta de seu questionamento. Caso não haja nenhum contador cadastrado em sua localidade, o sistema buscará o mais próximo em todo o país.

Os 100 primeiros contadores de cada estado estão isentos de taxas para a participação do programa contadores do bem, realizando o seu cadastro gratuitamente. Após os 100 primeiros, os contadores deverão pagar uma taxa para participar do programa, mas com isenção de mensalidades.

Mesmo com o alto índice de formalização de MEIs no Brasil, muitos microempreendedores ainda têm dúvidas sobre a necessidade ou não de uma contabilidade. Afinal, um MEI precisa de contador? No que uma contabilidade pode auxiliar o empreendedor? Entenda melhor!

Na lei, não há nada que obrigue o MEI a contratar uma contabilidade ou a manutenção de um contador, já que os impostos poderão ser recolhidos em valores fixos e mensais a partir de uma declaração de faturamento, através do Simples Nacional.

No entanto, a saúde financeira da empresa passa necessariamente por uma boa organização contábil. Ao abrir seu MEI você realiza a abertura de uma empresa e possui diversas obrigações que normalmente são desconhecidas pelo Microempreendedor Individual. O apoio de um contador ajudará a identificar quais são as obrigações que você necessita estar atento. Além disso, será importante para você na hora de realizar algumas atividades, como Emissão de nota fiscal, Comprovação de renda, Realização de sua declaração do Imposto de Renda do MEI e da Pessoa Física.

Tenho interesse em trabalhar na conta.MOBI

Quero entrar em contato

Quero falar com a Assessoria de Imprensa